Lollapalooza Brasil 2013: The Killers

the-killers-lollapalooza-2013
O primeiro dia do Lollapalooza Brasil 2013, que aconteceu em São Paulo em 29/03, ficou marcado pelas enormes filas, pela lama, por um protesto da banda Copacabana Club contra o pastor Feliciano, por um nada inspirado Flaming Lips e, principalmente, pelo grandioso show do The Killers.

Como o quarteto de Las Vegas vem evoluindo a cada ano, tanto nos trabalhos em estúdio como nos desempenhos ao vivo, as expectativas eram enormes. Todos os fãs esperavam fazer parte de um momento único na história da banda e foi exatamente isso o que aconteceu.

De maneira matadora eles abriram o show com a clássica Mr. Brightside e o resultado foi o público indo ao delírio em questão de segundos. A música foi cantada a plenos pulmões por todos, visivelmente impressionando e contagiando o já animado Brandon Flowers. A sintonia entre público e banda ficou evidente já nos minutos iniciais, algo que se manteve inalterado até o fim.

A bela The Way it Was ficou ainda mais emocionante ao vivo. Foi neste momento que Brandon Flowers começou a mostrar todo seu carisma ao dizer em português: “oi São Paulo, somos os Killers e esta noite, somos todos seus.”

A capacidade da banda de melhorar as músicas nas versões ao vivo ficou clara também em Miss Atomic Bomb, For Reasons Unknown e From Here on Out. Nesta última, Brandon Flowers pergunta se todos trouxeram os seus “sapatos de dança”. A música tem um riff cheio de energia que combinou bastante com o clima da noite.

Merece um destaque especial A Dustland Fairytale, que para mim foi o momento mais inspirado de todos os integrantes da banda.

E o que dizer de All These Thins That I’ve Done? Possivelmente o grande hit do grupo, um verdadeiro épico que se transforma em hino nos shows. Como não se empolgar com o refrão “I got soul but I’m not a soldier” cantado por milhares em uníssono?

Com direito a chuva, fogos e um show de luzes muito apropriado, a contagiante When You Were Young arrepiou o público já alucinado e fechou com chave de ouro uma performance exemplar. Sobrou um tempo para uma calorosa despedida de um outro cara carismático, o baterista Ronnie Vannucci, que dessa vez não estava fantasiado de mago.

O The Killers alcançou o posto de uma das melhores bandas do cenário atual e tem potencial para crescer ainda mais. Shows como esse, cheios de hits, interação e sintonia, são uma prova disso!

Set List
1 Mr. Brightside
2 Spaceman
3 The Way it Was
4 Smile Like You Mean it
5 Miss Atomic Bomb
6 Human
7 Somebody Told Me
8 For Reasons Unknown
9 From Here on Out
10 A Dustland Fairytale
11 Read My Mind
12 Runaways
13 All These Things That I’ve Done
14 This Is Your Life
15 Jenny Was a Friend of Mine
16 When You Were Young

Veja o show na íntegra clicando AQUI.

Música da Semana: LCD Soundsystem – All I Want

LCD Soundsystem

Ano de formação: 2002
Local: New York, EUA
Integrantes: James Murphy

O produtor musical James Murphy é destaque no mundo da música desde o primeiro álbum do LCD Soundsystem. A moral dele aumentou ainda mais com o sucessor, Sound of Silver, trabalho vencedor de diversos prêmios no mundo da música, sendo eleito o melhor lançamento de 2007 pela NME, por exemplo.
Admito que gostei de bastante coisa que ouvi, mas as músicas enjoaram rapidamente pra mim e nada me marcou tanto.
Isso até agora. This is Happening acaba de ser lançado e ele está recheado de ótimas e viciantes músicas. É um som eletrônico bem elaborado, viciante e que conta com um vocal de qualidade.
Talvez All I Want seja a melhor do CD e a melhor da carreira dele. O que acham? Letras abaixo

All I Want (do This os Happening – 2010)

Wait, for the day you come home from the lonely park
Look, for the girl who has put up with all of your sh!t
You've never needed anyone for so long

You look in the bed you've been gone for too long
To put in the time, but it's too late to make it strong

And all I want is your pity
Oh all I want are your bitter tears
Yeah, all I want is your pity
At least all I want are your bitter tears

All I want is your pity
Oh all I want are your bitter tears
Yeah, anekatips all I want is your pity
Oh all I want are your bitter tears

When will it start and the dark and the girls are gone
So you're back again and into the late unknown
You never needed anything for so long

All I want is your pity
And all I want are your bitter tears
Now all I want is your pity
And all I want are your bitter tears

From now on, I'm someone different
'Cause it's no fun to be predicting
From now on, there's
'Cause I just want what I want

Take me home (x4)

- b. knott

Música da Semana: Arcade Fire – Wake Up

Arcade Fire

Ano de formação: 2003
Local: Montreal, Canadá
Integrantes: Win Butler, Régine Chassagne, Richard Reed Parry, William Butler, Tim Kingsbury, Sarah Neufeld, Jeremy Gara.

É uma banda que costuma me deixar sem palavras. As músicas são cheias de intensidade e beleza. Não dá para ficar imune ao som dos caras, que tem um tom depressivo em algumas letras e melodias, mas está longe de ser chato. Na verdade, é empolgante. Arcade Fire está cada vez fazendo mais sucesso: em 2004 o álbum Funeral foi eleito o melhor do ano pelo site Pitchfork. Em 2005 a música Rebellion (Lies) fez parte da trilha sonora de um dos melhores episódios de Six Feet Under. Finalmente, a música Wake Up, que é a razão deste post, pode ser ouvida no fantástico trailer de Onde Vivem os Monstros. Sintam essa música…

Wake Up

Somethin’ filled up
my heart with nothin’,
someone told me not to cry.

But now that I’m older,
my heart’s colder,
and I can see that it’s a lie.

Children wake up,
hold your mistake up,
before they turn the summer into dust.

If the children don’t grow up,
our bodies get bigger but our hearts get torn up.
We’re just a million little god’s causin rain storms turnin’ every good thing to rust.

I guess we’ll just have to adjust.

With my lighnin’ bolts a glowin’
I can see where I am goin’ to be
when the reaper he reaches and touches my hand.

With my lighnin’ bolts a glowin’
I can see where I am goin’
With my lighnin’ bolts a glowin’
I can see where I am go-goin’

You better look out below!

/ arcade fire