Várias sequências de Nature vs. Nurture me deixaram com a mesma sensação que tive ao assistir ao patético final da segunda temporada. Muitas cenas aqui deixaram de lado a verossimilhança da primeira temporada e investiram em diálogos artificiais que eventualmente descambam para confrontos insossos. Algumas lutas plasticamente foram até que regulares, mas o fato é que elas não tiveram significado algum, exceto preencher o tempo do episódio. Emoção zero e vergonha alheia pelos roteiristas.

Eu estava esperançoso de que a parceria de Daniel e Johnny para encontrar Robby renderia momentos inspirados, mas foi em vão. Fora uma situação relativamente engraçada envolvendo salgadinhos e um carro limpo o que vimos foi simplesmente mais do mesmo. É claro que Daniel e Johhny vão trocar farpas e acabar encenando uma lutinha que vai do nada a lugar nenhum, não é?

E o que dizer da ida dos dois até a prisão e a forma com que Johnny conseguiu as informações? Não acharam isso extremamente tosco? Sinto cada vez mais falta dos roteiros da primeira temporada que consideravam o público pessoas com o mínimo de inteligência. Parece que a ideia agora é transformar Cobra Kai em uma sátira repleta de humor infanto-juvenil.

Porém, algo me deixou esperançoso. Krease quase sempre foi um personagem maldoso por essência e infelizmente um tanto genérico na sua vilania. Já houve uma tentativa de humanizá-lo anteriormente, sem muito sucesso. Agora parece que Cobra Kai vai tentar fazer isso com mais afinco. Os flashbacks mostrando um Krease sendo alvo de bullying e se vingando me deixaram animado.

É aquele velho ciclo: muitas vezes o valentão de hoje foi o alvo do bullyng no passado. A questão é como fazer para interromper esse ciclo.

Quanto a Tory, devo dizer que aprovo a ideia de torná-la mais humana, porém senti novamente a falta de criatividade (mãe doente? aluguel atrasado?) dos roteiristas para alcançar o objetivo. De qualquer forma, tanto ela como Kreese podem se tornar personagens de muito destaque nos próximos episódios.

Se Kreese e Tory me deixaram com boas expectativas, fiquei ainda mais preocupado quando testemunhei o diálogo esdrúxulo de Miguel e Johnny. Que reação desproporcional de Miguel para com Johhny. Mais fake impossível. E a atuação meia boca de Xolo Mariduena também não colaborou.

Que saudades do Cobra Kai de antigamente.

Espero não me arrepender de não ter desistido do seriado no final da segunda temporada.

Nota: 5.5