Criei falsas expectativas com El Cid. Achei que a Prime Video conseguiria fazer um bom trabalho com esse rico material, já que El Cid é um dos nomes mais famosos da Idade Média e ele se envolveu em várias disputas nos campos de batalha e na política. Achei errado. O que podemos ver aqui é uma trama que não consegue nos envolver pela sua previsibilidade e pelas atuações fraquíssimas. Há também uma artificialidade gritante nos figurinos, nos cenários e nos diálogos, o que me fez pensar que estava assistindo a uma novela de época da Record. A personagem feminina que busca emponderamento soa deslocada e forçada e é mais uma das inúmeras falhas de El Cid, que tenta soar progressista sem saber como e de maneira anacrônica. Quando o assunto são as batalhas o seriado mostra uma relativa qualidade, mas nada que justifique que percamos tempo investidos nessas horas de verdadeira agonia televisiva. Quem ousar compará-la com Game of Thrones estará cometendo uma imperdoável heresia.