Três garotos delinquentes e um nerdão genérico se juntam para tentar superar um desafio de trekking nas highlands escocesas. Pelo caminho, eles encontrarão diversos perigos, sendo o pior deles um bizarro casal de velhos caçadores de garotos delinquentes. Essa é uma oportunidade para eles aprenderem algumas coisas importantes, mas tudo vai dando cada vez mais errado. Inclusive em termos de filme.

O fato desses três serem estúpidos em praticamente tudo o que fazem foi me deixando cada vez mais desanimado. É meio impossível se conectar com três jovens mais burros do que o normal e que sempre fazem as piores escolhas pelo caminho. Os exageros eram para ser engraçados, mas passam muito longe disso. São só irritantes mesmo. Pude imaginar o diretor/roteirista escrevendo mais uma piadinha tosca e se achando genial por isso.

O humor peculiar de Get Duked não funcionou para mim. É uma mistura insossa de pastelão, sátira, nonsense e um pouco de terror infanto-juvenil. Mesmo com menos de 90 minutos eu não via a hora de tudo acabar. Se a trama envolvendo os garotos já não me motivou, quase desliguei a TV com a baboseira dos policiais incompetentes procurando um ladrão de pães. É isso mesmo, baguete e ciabatta estavam em falta na região. Céus!

Pelo jeito, não foram apenas esses moleques intragáveis que comeram bosta de coelho alucinógena. O diretor estreante Ninian Doff também deve ter degustado um pouquinho desse manjar das highlands. Pena que ele regurgitou esse bolo fecal, deu o nome de Get Duked e colocou no catálogo da Amazon Prime para desavisados como eu perderem minutos preciosos do seu dia.

Nota: 3/10