O Duelo é classificado como um Western, mas há pouca coisa do gênero que realmente funcione aqui. A trama se inicia com um Texas Ranger recebendo a missão de investigar mortes suspeitas que ocorrem próximas a uma cidade chamada Helena. Uma vez lá, ele irá conhecer um líder local que está mais para um messias. Coincidentemente, o Ranger e esse líder possuem uma sombria ligação. O filme se desenrola de forma lenta e às vezes até monótona. Há uma tentativa de se criar um clima de suspense que não dá muito certo. A experiência também fica comprometida com as inúmeras situações inverossímeis e decisões um tanto quanto burras dos personagens principais. Woody Harrelson com o seu tom ameaçador, a boa fotografia, a ocasional brutalidade e a denúncia do racismo da época fazem de O Duelo algo suportável.

5/10