Crítica | A Grande Muralha

A Grande Muralha é mais um exemplo de como o lado ruim de Hollywood pode ser nocivo para um ótimo diretor. Se considerarmos o invejável currículo de Yimou Zhang, com filmes como Lanternas Vermelhas, Herói e O Clã das Adagas Voadoras, chega a ser deprimente vê-lo por trás de um trabalho tão insosso e descartável como esse.

Sem se preocupar em desenvolver minimamente a trama, em poucos instantes o roteiro nos coloca na companhia de dois ocidentais fazendo parte de uma batalha no oriente. Um exército que fica na muralha da China é responsável por conter a investida de monstros beligerantes a cada 60 anos. E chegou a hora de mais um confronto.

E é isso. Só isso. Por praticamente todo o filme o que vemos é uma sucessão de cenas de batalhas recheadas de um CGI que deixa tudo extremamente artificial. Com tanta computação gráfica e quase nada de trama, a nossa imersão inexiste. Eventualmente há uma ou outra sequência em que a fotografia se destaca, muito pelos contrastes dos figurinos dos soldados e por suas ousadias pouco verossímeis. Pendurar-se em uma corda e usar uma lança pra abater um monstro no meio de centenas de milhares pode parecer bonito na tela, mas é algo inteligente a se fazer? Inteligência é algo que passou longe desse de A Grande Muralha.

Como desgraça pouca é bobagem, as atuações ficaram bem abaixo do que se esperaria. Matt Damon está em um piloto automático irritante e Willem Dafoe é presença nula. Os únicos que trazem um pouco de dignidade para o filme foram Tian Jing e Pedro Pascal.

A união entre China, Hollywood e monstros assassinos nos oferece apenas uma colossal perda de tempo.

4/10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s