A Mula (2018) | Crítica

Poucos diretores tem uma filmografia tão sólida como Clint Eastwood. Menina de Ouro, Sobre Meninos e Lobos, Gran Torino, Os Imperdoáveis, As Pontes de Madison, Cartas de Iwo Jimma e Um Mundo Perfeito são realizações de alguém que realmente sabe contar uma história envolvente e marcante. A Mula peca justamente por não ter essas virtudes essenciais para um filme.

Baseado em fatos reais, o filme nos mostra como um senhorzinho de 90 anos parou de trabalhar com flores e passou a colaborar com o cartel mexicano. É isso mesmo. Earl Stone é um homem de outro século e de bom coração que vê o seu negócio ir à falência. Nada mais natural do que servir de mula para narcotraficantes, não é?

Ele é bizarramente abordado por um homem na festa de noivado da neta com essa proposta. E ele aceita. Passamos a acompanhar Earl dirigindo sua caminhonete pelas estradas americanas carregando quilos de cocaína e passando por vários contratempos.

Além dessa linha narrativa principal, temos sequências com a família de Earl – quase sempre negligenciada por ele – e também o ponto de vista de dois agentes do DEA que estão tentando encontrar a tal mula que está batendo recordes.

Earl na estrada transportando cocaína como se fosse sacos de batata rende bons momentos, mas o drama familiar e as cenas com os policiais são irregulares. Eastwood se lembrou de seus tempos de cowboy do cinema e atirou para todos os lados. Só faltou acertar o alvo. Os diálogos expositivos e as situações forçadas também não colaboram.

Eastwood comanda o filme com segurança, mas sem qualquer brilho. Ainda que A Mula seja um entretenimento de relativa qualidade, a trama está bem longe de nos envolver. Não há impacto e nem clímax. Ficam apenas as divertidas imagens de um velhinho cantarolando músicas antigas e fazendo piadas politicamente incorretas enquanto executa o seu novo ‘trabalho’.

É pouco para alguém com uma carreira tão rica.

Nota: 6

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s