Game of Thrones: “The Old Gods and the New” Crítica

Game of Thrones | 2×06 – The Old Gods and the New

Assim como o episódio anterior, o ritmo segue intenso em Game of Thrones.

Theon, de maneira vil e covarde, ataca e domina Winterfell. Bran não tem muito o que fazer se não se render. Sor Rodrik fica possesso com Theon e até cospe na cara dele. Sobra para o Sor Rodrik, em uma sequência forte. Theon quer provar para o pai e para o seu povo que é digno de assumir o trono algum dia, mas seus atos covardes e sua insegurança não permitirão que ele se torne alguém respeitado. Robb já declarou que vai arrancar a cabeça de Theon assim que possível. Ao que parece, ele irá receber a ajuda do bastardo de Roose Bolton.

Robb, o rei do Norte, está visivelmente apaixonado pela mulher que está cuidado dos feridos. Lady Stark não deixou de lembrá-lo que ele está prometido para uma das filhas de Frey. E é bom cumprir as promessas feitas a pessoas poderosas.

Vejam a diferença entre os irmãos Joffrey e Tommen. Enquanto este chora a partida da irmã, aquele é só desprezo e indiferença. E o caos tomou conta de Porto Real. Alguém teve a ousadia de atirar um pedaço de bosta na cara de Joffrey, que obviamente solicitou que todos fossem mortos. Mas a comitiva do rei estava em menor número e os populares estavam ensandecidos. Como era de se esperar, Joffrey está longe de fazer um bom governo. Sobrou para Tyrion tentar colocar um pouco de bom senso na cabeça deste animal.

Falando em animais, Sansa Stark quase foi estuprada por um bando de revoltados. Por sorte, Clegane estava lá para salvá-la. Não é a primeira vez que Clegane faz algo para proteger a garota Stark.

Do outro lado da muralha, Jon Snow tem um encontro peculiar com uma selvagem. Ele deveria matá-la, mas não conseguiu. Com Ygritte passamos a conhecer um pouco dos selvagens e ficamos sabendo que eles queimam os mortos para evitar que voltem à vida.

Daenerys está falando com autoridade e pompa, mas até agora não teve atitudes a altura do seu nome. Para piorar, alguém roubou os seus preciosos dragões.

A segunda temporada realmente empolgou agora. The Old Gods and The New e The Ghost of Harrenhal foram acima da média e serviram como um ótimo termômetro para a reta final desta temporada.

Nota: 8.9

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s