Crítica | Breaking Away (1979)

Se você tem interesse por corridas de bicicleta Breaking Away certamente é uma boa opção de filme para assistir. São quatro cenas em menos de 100 minutos em que o destaque é a velocidade de uma bicicleta. A que envolve um treino na estrada e uma perseguição a um caminhão é a que mais me chamou a atenção. O diretor Peter Yates soube conduzir com segurança esses momentos, inclusive utilizando uma trilha marcante. Mas se você não está nem aí para esse esporte, saiba que Breaking Away tem muitos outros aspectos positivos. Dave, Mike, Cyril e Moocher são jovens que acabaram de terminar o ensino médio e não entraram para a universidade. Há um grau elevado de melancolia e fatalismo em algumas de suas conversas, principalmente quando o personagem Dave (Dennis Quaid) está falando. Eles são da cidade de Bloomington e sofrem preconceito dos universitários que vem de fora. O que eles ainda não sabem é que eles tem sim motivos para se orgulharem do que são e do que podem se tornar. Talvez uma disputa de bicicleta seja uma grande oportunidade para eles entenderem isso. Breaking Away é uma experiência divertida, tocante e que reserva boas doses de adrenalina.

Nota: 8

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s