Tempos Obscuros

Adolescentes nos anos 1990 aprendendo que às vezes as coisas podem dar muito errado.

O diretor estreante Kevin Phillips concebe em Tempos Obscuros (Super Dark Times) uma atmosfera carregada e melancólica. Apesar da bonita fotografia, temos certeza que este é um lugar perigoso para se estar. Logo na primeira cena vemos um animal agonizando no meio de uma sala de aula e sendo violentamente sacrificado. Seria um indício de que a trama nos reserva momentos inquietantes pela frente? Pode apostar.

Recriando com detalhes precisos a década de 1990, o filme nos apresenta a quatro adolescentes que fazem o que adolescentes costumam fazer: falar merda e aprontar. Quando eles resolvem se divertir com uma espada de samurai as coisas saem muito errado. O tom de Tempos Obscuros muda de vez e tudo vai ficando cada vez mais intenso, imprevisível, violento e um pouco forçado, convenhamos. Interessante ver a amizade entre Josh e Zach e descobrir muito sobre a personalidade de ambos, principalmente de Zach. A culpa corrói o garoto, que não consegue nem se relacionar com a garota pela qual é apaixonado.

Tempos Obscuros se destaca também por investir em simbolismos e possibilitar interpretações. Não se trata de um filme difícil de entender, mas é fato que ele exige uma dose maior de atenção. Mas mesmo que você acabe deixando passar alguma coisa, é certo que irá aproveitar a pegada de thriller, a fotografia e a boa química dos atores.
IMDb

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s