uma-aventura-legoUma Aventura Lego me fez relembrar dos meus tempos de LEGO, nostalgia pura. Só por proporcionar essa lembrança já dá para dizer que valeu a pena assistir, mas a animação agrada também pelo enredo ágil, as piadas inspiradas e as inúmeras referências a cultura pop.

O enredo foca em Emmet, um bonequinho que vive pelas regras do manual e dessa forma é feliz. As coisas mudam quando ele conhece a misteriosa Megaestilo e se vê em meio a uma profecia que diz que ele é o escolhido para salvar a todos. A narrativa é inspirada em histórias de super-heróis e no final das contas serve apenas como pretexto para as inúmeras sequências de ação, que empolgam por possuírem um visual rico e um ritmo frenético, além de investirem em inspirados momentos de humor.

A atenção dada aos detalhes é algo digno de nota. Os bonequinhos se mexem da única maneira possível para os legos, respeitando a “anatomia” deles. Isso sem falar na diversidade dos cenários, que vão desde o velho oeste até ambientes mais futurísticos. Vários personagens famosos dão o ar da graça, com destaque para Batman, Gandalf, Han Solo e o Lanterna Verde, garantindo ótimas cenas.

Há um certo exagero nas sequências de ação, prolongando o filme mais do que o necessário, mas trata-se de um erro pequeno, ainda mais quando algumas surpresas são reveladas nos 15 minutos finais. É neste ato final que Uma Aventura Lego sai do lugar comum e ganha força suficiente para nos comover.

Boa experiência para as crianças e melhor ainda para os adultos que gostam de relembrar de coisas boas que não voltam mais.
7.5/10