rudy-1993Mais do que um filme sobre futebol americano, Rudy é a comovente história real de um rapaz que decidiu ir em busca do seu grande sonho: estudar e jogar futebol pela universidade de Notre Dame. Desde criança Rudy alimentava esse desejo, mas todos ao seu redor faziam questão de lembrá-lo de que chegar lá seria praticamente impossível. O próprio pai de Rudy lhe disse que “faculdade é algo para garotos ricos, inteligentes ou para grandes atletas, não é para você”. Mesmo com tudo contra, ele decidiu seguir em frente.

Ele precisava vencer batalhas e mais batalhas diariamente. Primeiro tinha que se preocupar em encontrar um lugar para morar e depois com as notas para ingressar em Notre Dame. Após ser rejeitado várias vezes, ele finalmente entra na universidade e fica diante de outro desafio: garantir um lugar no time de futebol e fazer parte dos 50 atletas que de fato entram em campo.

Apesar de ser baixinho e fraco para os padrões do esporte, Rudy demonstra uma determinação imensa. Ele encara cada minuto do treino como se fosse um super bowl, algo que a princípio incomoda os companheiros de time, mas que depois serve para inspirá-los.

Beneficiado também pela competente atuação de Sean Astin, o filme emociona de maneira autêntica, nunca apelando para o melodrama. É uma história com força própria e que acerta mesmo quando investe em clichês do gênero. Trata-se de mais um grande trabalho do diretor David Anspaugh e do roteirista Angelo Pizzo, que se destacaram anteriormente por Hoosiers.
8/10