invocacao-do-malO diretor James Wan (Jogos Mortais) mostra que a receita para o sucesso dentro do gênero terror contém um equilíbrio entre sustos fáceis e a criação de uma atmosfera de suspense intensa e angustiante. É verdade que trata-se de mais um exemplar de filme de casa mal-assombrada, mas ele é feito com tamanha maestria que nem nos importamos muito com eventuais clichês. Tudo começa aos poucos, com um cão com medo de entrar na casa, um porão trancado, barulhos repetitivos, relógios que param no mesmo horário, frio e assim por diante, culminando em situações capazes de causar palpitações nos corações mais fracos, incluindo aí um passado terrível, uma bruxa e um exorcismo. Um dos pontos de destaque de Invocação do Mal é a câmera criativa de James Wan, que sabe explorar o ambiente de maneira cuidadosa, fazendo a tensão crescer naturalmente. São vários os movimentos de câmera e ângulos inusitados que colaboram para aumentar ainda mais a nossa aflição. O trabalho dos atores também se mostra essencial para a imersão no filme, com destaque para Vera Farmiga, Lili Taylor e absolutamente todas as crianças. Nenhum fã de terror pode deixar de assistir este futuro clássico do gênero.
8/10