Talvez este oitavo filme de Jornada nas Estrelas seja o melhor da série, juntamente com a Ira de Khan. O grande destaque aqui é o uso de efeitos especiais de qualidade, fazendo das batalhas no espaço algo bonito e empolgante de se ver. O filme foca bastante na ação e tudo se desenrola de uma maneira frenética. Não existe muito espaço para desenvolvimento dos personagens, o que é uma pena, afinal Primeiro Contato conta com atores do calibre de Patrick Stewart e James Cromwell.  De qualquer forma, é interessante acompanhar o conflito pessoal de Picard com os Borg, além da analogia feita com o desejo de vingança de Ahab em Moby Dick.  O roteiro se arrisca ao trabalhar com o tema de viagem no tempo, mas isso rende bons momentos com a “figura histórica” Zefram Cochrane. Mesmo se você não for exatamente um fã de Jornada nas Estrelas, as chances de gostar deste filme são boas, afinal trata-se de uma sci-fi com uma história decente, um ritmo ágil e com um bom elenco. E o melhor é que você nem precisa ver os sete filmes anteriores para entender o que acontece.
8/10