Uma experiência nostálgica e tocante. O Artista é prova de que o cinema ainda tem muito a nos oferecer. Quem diria que em pleno século 21 presenciaríamos a estreia de um filme mudo e em preto e branco de tanta qualidade? Tem tudo para levar o Oscar deste ano e para se transformar em um clássico atemporal, com justiça.