Um dos grandes trunfos de Thor é a forte investida no humor, algo que é feito com quase tanto sucesso como foi em O Homem de Ferro. O ator Chris Hemsworth demonstra carisma e um ótimo timing cômico, fatores essenciais para o êxito dessa abordagem. É hilário acompanhar Thor, um tipo de Deus acostumado com Asgard e sua pompa, ter que conviver com meros mortais em uma cidadezinha do Novo México. São varias as cenas que proporcionam risos sinceros, principalmente aquelas que exploram o total deslocamento do herói.
Infelizmente, os momentos passados em Asgard não são tão eficientes em termos de roteiro e chegam a cansar. Pelo menos, os cenários revelam um grande cuidado artístico e há uma ou outra cena de ação motivante. Apesar de não ser um filme longo, é inegável que ele se torna arrastado e isso se deve principalmente a falta de criatividade e ousadia dos roteiristas.
Dá pra dizer que o filme funciona quando se passa na Terra e torna-se sem graça em Asgard. Outro ponto interessante é a preocupação em estabelecer a organização SHIELD e deixar tudo preparado para Os Vingadores, que vem aí em 2012. As expectativas vão ficando cada vez mais altas.

nota: 7/10
imdb