Dica do By Star Filmes.

O diretor/ator Tim Blake Nelson escreveu o roteiro de Leaves of Grass pensando em Ed Norton no papel dos gêmeos Kincard. A escolha não poderia ter sido melhor. Ed Norton triunfa ao dar vida a dois gêmeos completamente diferentes um do outro. Bill mora na cidade grande e é um famoso professor de filosofia. Brady, que vive no interior, é um mestre no cultivo da maconha hidropônica.

Bill não visita sua terra natal há anos e ele não faz questão de voltar tão cedo. Sente-se superior a mãe, ao irmão e ao tipo de vida que eles levam. Uma notícia de que Brady fora assassinado por uma flecha o faz retornar para “casa’. Em breve, Bill descobre que deve ajudar o irmão em um problema com traficantes.

Tim Blake Nelson transforma um roteiro complicado em algo interessante e acessível. Ele trabalhou em um filme dos Irmãos Coen (E aí, Meu Irmão, Cadê Você?) e podemos dizer que ele bebeu bastante dessa fonte, principalmente quando o assunto é humor negro e mortes inesperadas. O grande destaque de Leaves of Grass é a atuação de Norton, mas muitos detalhes são dignos de nota, como o personagem surpreendente do dentista, a relação de Bill com a mãe e com Janet, citações filosóficas de Diógenes sobre a irracionalidade de temer a morte e até mesmo poesia, afinal Leaves of Grass é o titulo de um livro de Walt Whitman, poeta americano. Este é um filme estranhamente esquecido, mas que merece nossa atenção.

Título original: Leaves of Grass
Ano: 2009
País: USA
Direção: Tim Blake Nelson
Roteiro: Tim Blake Nelson
Duração: 105 minutos
Elenco: Edward Norton, Tim Blake Nelson, Susan Sarandon, Richard Dreyfuss, Keri Russell

/ leaves of grass (2009) –
bruno knott,
sempre.