Nota: 8

É raro uma comédia que nos divirta do começo ao fim e é isso o que acontece em O Golpista do Ano, que está bem longe de ser aquele tipo de comédia que estamos acostumados a ver com o Jim Carrey. O filme é baseado em uma história real e o personagem principal, Steve Russel, interpretado por Jim Carrey, é um grande golpista que assume a homossexualidade após sofrer um acidente de carro. Durante uma passagem na prisão, ele conhece Phillip Morris e os dois se apaixonam.

Como a narração em off nos informa, para um casal gay viver bem é preciso muito dinheiro. Steve Russel finge ser economista, convencendo a todos. É impressionante acompanhar a imensa capacidade de Steve de se adaptar as situações e ganhar uma grana com elas. São vários momentos que me fizeram rir intensamente, tanto pela qualidade e criatividade do roteiro como pela habilidade do Jim Carrey. Esse é um dos grandes trabalhos do ator. Aqui ele teve a oportunidade de demonstrar sua veia cômica, mas também o seu lado mais sério.

Infelizmente, o filme não fez sucesso nas bilheterias, o que mostra um certo preconceito por parte do público, que perde de ver um filme que tem algumas falhas, mas que é inteligente e engraçado como poucos.


Título original: I Love You Phillip Morris
Ano: 2009
País: USA
Direção: Glenn Ficarra, John Requa
Roteiro: Glenn Ficarra, John Requa
Duração: 102 minutos
Elenco: Jim Carrey, Ewan McGregor, Leslie Mann, Rodrigo Santoro

/ o golpista do ano (2009) –
bruno knott,
sempre.