Autor: Craig Thompson
Ano: 2003

Retalhos não é exatamente um livro, é uma graphic novel, mas ela é tão boa que não chamá-la de literatura seria um pecado. Craig Thompson faz uma autobiografia muito honesta e cheia de sentimentos. Ele nos apresenta a sua infância extremamente rígida, inclusive em termos religiosos e a sua adolescência, momento em que ele sofria com perseguições de colegas e encontrava refugo em seus desenhos. É nesta idade que ele encontra o seu primeiro amor. Uma garota meio alternativa que tem adesivos de bandas como Dinosaur Jr., Pixies e Radiohead em seu quarto. Não sou o maior expert em quadrinhos, apesar de já ter lido alguns, mas eu tenho certeza de que Craig Thompson criou algo único. Além de ser uma história comovente , que permite várias reflexões sobre acontecimentos marcantes da vida, ele explora os recursos que os quadrinhos oferecem de maneira brilhante. É daquele tipo de texto que você lê rápido e fica atordoado (num bom sentido) a cada virar de página. Recomendo fortemente.

– B.K.